O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

30
Set 09

E finalmente, quase duas semanas depois, o Presidente da República dirigiu-se ao burgo. Foi confuso, controverso e contraditório. Assumiu um registo que não é de todo presidencial, lançou a confusão e fomentou a instabilidade. Em resumo, personificou a antítese de... um Presidente da República.

Quanto aos conteúdos, o que dizer? Desconcertante e demagógico, no mínimo. O momento alto: assumir algo que qualquer estudante de informática tem como facto adquirido, que qualquer computador é vulnerável a um ataque e que é possível espiar o e-mail alheio. Ridículo, no mínimo, que um PR gaste tempo de antena num desabafo que só o fragiliza. Em relação aos restantes 11 minutos da intervenção, Cavaco procurou afastar-se da questão das escutas e lançou novas achas para a fogueira, atacando abertamente o executivo de Sócrates. Quando se caminha para a indigitação do novo executivo, tal atitude é no mínimo suspeita e irresponsável.

E o que dizer quanto ao timming do comunicado? Com o fundamento de que não queria prejudicar as eleições, Cavaco Silva atrasou a reacção às notícias de escutas. Ao fazê-lo num momento em que as relações entre São Bento e Belém são tudo menos cordiais,  deixou claramente a suspeição no ar, o que acabou por ser um ataque passivo ao anterior executivo. Ao dirigir-se ao burgo durante a corrida às autárquicas, Cavaco Silva volta não só a atacar a equipa de Sócrates como procura, em simultâneo salvar a cara.

Na perspectiva do VM, que acha esta história toda muito mal contada, existem duas versões base possíveis:

 

1. O PR montou uma estratégia com o seu assessor de à 20 anos para atacar Sócrates. A estratégia explodiu-lhe na cara e, ao invés de auxiliar o PSD, ficou com um grave problema ao colo.

2. O PR efectivamente não teve conhecimento do caso "Escutas de Belém". Dada a relação com Fernando Lima, afasta-o apenas das funções de assessor e procura junto do staff da sua casa civil respostas para o surpreendente cenário.

 

Seja qual for o caso, o PR tinha necessariamente de ser objectivo nas suas declarações e não o foi. Quanto às suspeitas, estas deveriam ser imediatamente endereçadas à justiça. É estranho que toda esta narrativa não resulte numa investigação séria e não envolva uma entidade como a Procuradoria da República. O VM ficará atento aos novos desenvolvimentos e deixa no ar a seguinte dúvida: "Mas porque carga de água é que alguém iria colocar escutas em Belém??!!"

 

Nos entretantos, o VM encontrou, via Twitter, sete questões pertinentes colocadas pelo dirigente socialista Ascenso Simões, membro do anterior governo e do Secretariado Nacional do PS, ao próprio PR:

 

Pg. 1 - Alguém desconhece que a notícia de um jornal sobre a participação de assessores do PR foi colocada no site do PSD?

Pg. 2 - Que razão leva a que se diga "tem algum mal que assessores participem em actividades partidárias"? Tinham autorização!!!

Pg. 3 - Fala-se de acesso a mails da Presidência... alguém ouviu falar disso? Só tinha visto mails do Público!!!

Pg. 4 - O Sistema de Segurança da PR é ou não autónomo? Não há controlo e limitação de acesso??

Pg. 5 - É dito que fez arranjos na Casa Civil - Mas qual foi a razão? Foi além da chinela? e não foi demitido?

Pg. 6 - Será que se o caso fosse grave não deveria ter havido reunião do Conselho de Estado?

Pg. 7 - Não ouve hoje uma tentativa de justificar, por outrem, uma derrota eleitoral?

"Isto com o Magalhães não teria acontecido..."

Mr. White às 11:32

2 comentários:
Muito bom este post ... digno de nota mesmo! Pessoalmente acho que o PR devia era ter vergonha... Não percebi mesmo aquela atitude sem propósito... afinal demorou tanto tempo a falar para quê?

Enfim...
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Muito bom este post ... digno de nota mesmo! Pessoalmente acho que o PR devia era ter vergonha... Não percebi mesmo aquela atitude sem propósito... afinal demorou tanto tempo a falar para quê? <BR><BR>Enfim... <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Pink</A>
Pink Panther a 30 de Setembro de 2009 às 15:19

Ontem Portugal perdeu o último regulador que ainda restava!
Que vai ser deste país?
O Zé do Povo! a 30 de Setembro de 2009 às 16:34

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
17
18
19

20
22
23
26

27


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO