O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

15
Set 09

A final do US Open jogou-se ontem. Devido à diferença horária, a partida acabou já de madrugada em Portugal. Frente a frente estavam Roger Federer e o jovem argentino Del Potro. O Viajar confessa que apanhou o jogo a meio, mas não conseguiu largá-lo. Federer parecia etr a final controlada e do outro lado o puto de 20 anos parecia que estava a jogar só para se divertir. E efectivamente estava! O problema é que o seu divertimento passava por uma direita assassina, que deixou o suíço, por várias vezes, pregado ao chão. Nem se dava ao trabalho de tentar chegar as bolas e limitou-se a vê-las passar. Um dos serviços de Del Potro atingiu os 211 km/h, sem grandes dificuldades.

Federer enervou-se, desconcentrou-se e chegou a chatear-se com o árbitro. Del Potro aproveitou para jogar, divertir-se e... ganhar. No quinto set conseguiu mesmo um 6-2 frente ao número um mundial!

O Viajar aproveita para recordar um dos melhores momentos de Roger Federer, mas na meia final da prova, com aquele que é considerado, por muitos, um dos melhores pontos de sempre do mundo do ténis.

Mr. Heinz às 18:07

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
17
18
19

20
22
23
26

27


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO