O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

02
Jul 09

  

That´s all folks!

Mr. White às 19:58

3 comentários:
Ainda estou estupefacta! A atitude de Manuel Pinho ultrapassou as raias do bom senso, do respeito pelas instituições democráticas e pelo povo português! Finalmente o PM teve um gesto decente e aceitou a demissão deste ministro. A atitude demonstra aquilo que sempre pensei: Manuel Pinho não tinha perfil de Ministro nem poderia estar a representar Portugal junto das mais altas instâncias nacionais e internacionais. O seu mandato foi repleto de tiros no pé, de pedidos de desculpa, de tiradas anedóticas: a) anúncio do fim da crise quando esta começou e em força; b) tentar aliciar os chineses com mão de obra barata portuguesa, quando se sabe que os chineses são os que têm a mão de obra mais barata no mundo; c)criaar o logótipo Allgarve para atrair os turistas ingleses, demonstrando um completo parolismo bacoco; d) a questão da Quimonda e de tantas empresas que se instalaram em Portugal ao abrigo dos subsídios e depois deslocalizaram sem cumprir os requisitos mínimos de atribuição dos subsídios, deixando milhares no desemprego; e) as contas mal feitas sobre os apoios dados pelo Estado, etc, etc... tantas as asneiras que penso que do mandato de 4 anos nada de bom resultou. Foi mais um erro de casting deste Governo! Sabemos que o Verão é a silly-season, agora é também a season dos silly! E Sócrates? Como vai agora lidar com a situação em plena época pré eleitoral. Depois de semanas totalmente devastadoras para a sua imagem, agora isto! Já disse e volto a afirmar, com um Governo assim, o PSD arrisca-se a ganhar as eleições legislativas sem mexer uma palha! Já ganhou as europeias sem grande esforço... e o calendário não ajuda nada. Julho e Agosto ninguém quer saber de política; em Setembro faz-se o resumo das férias, logo ninguém está interessado em política... ou seja, 27 de Setembro está já aí ao virar da esquina e não há tempo para recuperar! Estaremos cá para ver ....
SSF a 2 de Julho de 2009 às 20:55

Mais grave do episódio é a confusão que se cria e passa ao lado do principal. Criou-se uma moda de dizer mal do sócrates por tudo e por nada. pelo que fez mal, merecidamente, mas pelo resto tb. Se é do socrates, ja ninguem se atreve a admitir sequer que havera algo de positivo. e depois entra-se no que aconteceu ontem, com deputados do pc a gozarem literalmente com o ministro e a provocá-lo pessoalmente para o fazerem perder a cabeça. conseguiram. o ministro politicamente fraco (mto bom tecnicamente) deixou-se ir na conversa e perdeu. No meio da confusão um debate que até corria bem ao governo perdeu-se. E quem vai ganhar com isso é o psd. para o pc, o resultado sera pior do que pensam a medio/longo prazo. para o país ainda mais. pq nem sequer ha uma discussao politica, agora. temos uma moda de dizer mal de um governo que nos safou de um defice galopante, criado por uma senhora que de repente aparece como salvadora e séria. o pais ja viu a incompetencia da senhora laranja. mas parece que a memoria é mesmo muito curta. sera que vale a pena correr com o outro senhor, para la por alguem que ja deu provas de nao estar a altura? Deus nos livre dos politicos, tragam os tecnicos que poem isto a andar para a frente. mesmo que devagarinho.
António Enes a 3 de Julho de 2009 às 10:13

Caro António Enes,
"Livrem-nos dos políticos e tragam os técnicos?!"
Credo, isso é assustador?
Quais técnicos?
Os que são funcionários do Estado e que independentemente das suas qualidades profissionais mantêm esse estatuto sem nunca irem para o desemprego?
Os que se vendem aos lobbies económicos e que a troco de uns cheques que dão para umas excelentes férias, condicionam as decisões dos políticos através de pareceres e recomendações viciadas?
Os que a troco de umas promoções na sua carreira, vendem os colegas e assinam a ficha de militante para integrar o mesmo partido politico do chefe?
Os que gravam conversas e fotocopiam documentos confidenciais e os distribuem na comunicação social?
Alguém já se perguntou da verdadeira razão de um politico se rodear de assessores e pessoas da sua inteira confiança?! Será que a razão reside no facto de esse politico se sentir impotente para, por exemplo, responsabilizar o técnico da mesma forma que responsabiliza o seu assessor no caso de um erro (seja leve seja grosseiro)?
Não quero com isto insinuar nem afirmar que só existem maus técnicos! Antes pelo contrário!
A verdade é que os políticos são avaliados sempre que termina o mandato! Os técnicos são avaliados por colegas, colegas esses que são seus compadres, comadres e companheiros de patuscadas de fim-de-semana!
O Zé do Povo! a 6 de Julho de 2009 às 12:20

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
24
25

26
27
29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO