O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

20
Mai 09

O Viajar não pretende assumir nenhum dos lados da luta sobre o consumo de marijuana. Há os que defendem os benefícios da plantinha, com marchas pela sua legalização, como se viu recentemente em Lisboa e Porto.

Mas há também os que a condenam como se não houvesse amanhã, alegando a destruição de neurónios e o vício, entre outros males para a saúde.

No meio de tudo isto, o Viajar deixa um exemplo de quem diz que consumiu "maconha" ao longo de 30 anos e sublinha que "não é viciada".

Os nossos viajantes que tirem as suas conclusões sobre este caso...

Mr. Heinz às 22:22

2 comentários:
A questão de se ficar viciado ou não é relatva...Por exemplo há pessoas que consomem cocaina,mas passam bem sem ela. No entanto penso que a linha que divide o simples consumo do verdadeiro vício é muito ténue.
Quanto à marijuana sou de facto a favor da sua legalização até porque pode ser usada para fins medicinais ( e isto está comprovado cientificamente).
Laetitia a 22 de Maio de 2009 às 17:02

Cara Laetitia,
Os beneficios medicinais da marijuana estão demonstrados, mas não foi isso que o VM quis aqui demonstrar. O post é apenas uma visão recreativa sobre um caso de alguém que está claramente sob o efeito da "pantera" e sobre o resultado que se pode ver... ;)
Mr. Heinz a 23 de Maio de 2009 às 13:53

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
14
16

17
18
21

24
26
30

31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO