O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

24
Mar 10

Num Pavilhão Atlântico cheio mas longe de esgotado, revisitou-se a história dos seis episódios da Guerra das Estrelas e celebrou-se a brilhante banda sonora de John Williams. Composta por mais de 60 elementos, a orquestra (apenas a  londrina Royal Philarmonic Orquestra) foi irrepreensível. O narrador, nada mais do que  Anthony Daniels, o actor que deu vida ao robot 3PO, resumiu com mestria em hora e meia a Saga da família Skywalker, da República, do Império, e o duelo entre Siths e Jedis. Com uma forte componente de imagem, foram vários os momentos em que o VM regressou à história de George Lucas e às emoções de ouvir o respirar de Darth Vader. A única coisa que não foi positiva: o preço. Apesar da qualidade do espectáculo, o VM achou a oferta curta para os 54€ que deu (em duração e em termos da componente interactiva). Enfim, que a Força esteja com os Viajantes.

 

 

Mr. White às 18:39

É verdade! Os anos 80 estão na berra! É ver as festas que se realizam, com ou sem patrocínios de rádio. Ms. Brown tem ido a umas quantas festas, principalmente às da Comuna, quer no Teatro quer no Mercado da Ribeira. 

Ms. Brown, no entanto, confessa que se questiona de onde vem esta febre pelos "80's"? De há 2 anos para cá que as festas pululam e crescem em todo o lado. Primeiro, eram as festas da M80, depois da Rádio Renascença, e depois foram criados grupos dos anos 80 no Facebook e por aí adiante.

Ora vamos lá a ver porque é que os anos 80 fascinam graúdos e jovens do séx. XXI? Para Ms. Brown os anos 80 até nem tiveram nada de fascinante. Se não vejamos:

Nos anos 80, os penteados era do mais piroso que poderia haver. Quem não se lembra das permanentes com franja, ou poupa em jeito de onda? Quem não se lembra das calças de ganga afuniladas, curtas, acima do tornozelo? Das meias brancas rendilhadas? Dos enchumaços nas camisas e casacos? Dos blazers em "V"?

Para além da moda, as músicas. As letras eram quase todas sobre o amor: ou porque se conheceu alguém, ou porque a relação acabou... a maior parte era música "dor de corno" como Ms. Brown costuma dizer, ou música "corta-me os pulsos"...

Em termos políticos, Portugal vivia ainda um período instável. Tinha o Conselho da Revolução (durou até 1982), um Presidente da República militar (durou até 1986), teve a morte de um Primeiro-Ministro, a queda de vários governos, vários Primeiros-Ministros, uma AD, um Bloco Central, até que em 1987 Cavaco Silva obteve a primeira maioria absoluta. 

Em termos económicos, Portugal era um país em crise, fechado a uma economia de mercado, subdesenvolvido, ainda muito dependente do sector primário.

Em termos culturais, o analfabetismo era ainda grande. Só havia 2 canais de TV e a programação acabava à meia-noite. Não havia muito cinema, teatro também escasseava...

Ou seja, parece que nada do Portugal dos anos 80 vale a pena recordar. E quem diz Portugal diz o resto do mundo, graças à crise económica mundial, à crise política sempre latente entre EUA e URSS, às guerras do Irão/Iraque, Reino-Unido/Argentina, etc..

Mas, o que é facto é que os anos 80 deixaram marcas profundas na geração que agora tem entre 30 a 40 anos. As séries de desenhos animandos, os grupos musicais, incluindo os portugueses (quem não se lembra de António Variações, Heróis do Mar, Lena d'Água, Xutos e Pontapés, Rádio Macau, Sétima Legião, GNR, etc), influenciaram em grande esta geração, da qual eu faço parte.

O surgimento agora de um certo revivalismo tem a ver com isso: com o facto de a minha geração se lembrar dos bons momentos passados nos anos 80; das músicas, modas e afins fazerem parte do seu crescimento. A maior parte recorda-se de um tempo feliz - que já não volta - e por isso quer reviver. Por isso, as pessoas desta geração vão às festas ouvir as músicas que lhes trazem recordações - boas ou más - que as transportam para a adolescência e para todas as aventuras que se teve nesse período.

A moda também dita tendências como é óbvio. E a moda de há 1 ano para cá tem apontado as suas tendências para um renascimento da moda dos anos 80. Como me disse um amigo da moda "eighties are back"... e isso, como é óbvio influencia-nos.

O que é certo é que os anos 80 em pleno século XXI chegaram e estão para durar...

Ms. Brown está a adorar e os seus amigos também. Continuem, pois, a fazer festas 80's e lá estarei a "marcar ponto" para dançar ao som de "Wham", "Depeche Mode", "The Cure", "A-ha", "Duran Duran", "Soft Cell", "Europe", "Bon Jovi", and so on and so on...

The eighties are back!

Ms. Brown às 15:59

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11

14
20

21
22
23
25
27

28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO