O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

25
Jun 08

 

 Uma das notícias do dia foi a apresentação do inovador edifício de David Fisher. Um autêntico spinning building. E não, não vale a pena pensar num edifício cheio de bicicletas com malta a pedalar como se não houvesse amanhã. Não, este é um edifício em que os andares giram sobre si próprios. Vantagens? Claro. Um viajante que esteja na sua varanda, acompanhado do seu gin tónico pode ir rodando pelas vistas da sua cidade. E nunca se satura. A nível estético, o facto de cada andar rodar independentemente dos outros permite criar um espectáculo único, com o prédio a mudar constantemente de forma. E isto tudo ainda cria energia eléctrica, graças a umas turbinas instaladas no dito prédio.

 
 
 No entanto… o Viajar questiona isto tudo. O prédio, previsto para o Dubai e para Moscovo terá 80 andares e 420 metros de altura. Cada piso é um apartamento? Porque se não for, como é que se gere a rotatividade dos apartamentos? Vai-se bater à porta do vizinho para parar com a coisa? E se for um apartamento por piso, o modo giratório terá velocidades? Imaginem as maluquices dos senhores dos Emirados com aquilo no máximo!
 
 E se uma pessoa organizar um jantar? Os convidados ficam tontos do tintol ou da casa? E quando chegam? Têm de esperar que a porta passe no sitio certo para tocar à campainha? “Só mais uma volta e a malta já entra.” E quando se chega a casa de uma noitada? “Wow man, tou a sentir a casa a girar!.......................” 
 
Isto já para não falar dos problemas técnicos! Como é com as canalizações? Canos flexíveis? Ou a casa tem que dar 30 voltas para um lado e outras 30 para o outro? Ou “pára tudo, tenho de ir à casa de banho!”?
 
 O arquitecto David Fischer, que apesar do nome é italiano (??), terá resposta para estas dúvidas do Viajar, já que, ao que dizem, passou 30 anos a estudar a coisa…

 

 

Mr. Heinz às 19:30

 

Os graffiti são uma arte. Uma arte moderna! Muitos não vêm esta arte com bons olhos, outros não vivem um dia sem deixar a sua marca nas inúmeras paredes e muros das cidades.

Atentos aos traços, à distância entre a parede e às mãos que seguram os aerossóis, os jogos de cores, contornos e degradés... É como se as letras "dançassem" no espaço, imersas por uma imensa topografia de cores, formas, que surgem a partir de inúmeras técnicas e truques, que se usam para surpreender os outros. 

A década de 70 conhecida, por todos os seus excessos e novidades, fez nascer uma nova arte, o Graffiti e tudo o que a ele está associado: o Hip Hop, o Breakdance e o Dee-Javing. Mesmo quando o graffiti ganha outras variantes e inovações, a sua essência continua a ser uma referência, onde se instituíram os princípios básicos e onde todos os membros deste movimento estarão, sempre, destinados a cumprir o percurso da evolução histórica do graffiti que se inicia pelo "tag".

Posta esta breve introdução, claramente se percebe o que desencadeou o “tag” da Maria: o Manel andou a despejar o seu boião de maionese em prato alheio….!!!! 

Mr. Hellmanns às 14:47

Um estudo da Harris Interactive revela que o Google é a empresa com melhor índice de reputação nos EUA. Seguem-se a Johnson & Johnson, a Intel, a General Mills e a Kraft Foods.

Por cá, assim de repente, ocorre-me o tasco do Sr. Zé, com umas amêijoas de reputação imaculada e um talho ali para os lados de Mafamude que entretanto a ASAE já fechou...

Mr. White às 12:58

Ainda nem há uma semana a Viajar na Maionese e o Heinz já anda a fazer sandochas para uma famelga de aluguer e às beijocas ao papá...

A passar no Reino Unido desde o reinício deste humilde blog (coincidência?), o anúncio resultou em cerca de 200 queixas à Advertising Standards Authority, a entidade reguladora do país.

Se fosse  por cá, com o número simpático de famílias disfuncionais que temos, o mais certo era ver o Heinz a levar a bela da lambada e o papá a berrar "para a próxima já não te esqueces de meter alface!". 

Mr. White às 01:26

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
21

22
28



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO