O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

02
Mai 12

Ontem, 1º de Maio, dia de Luta dos Trabalhadores, dia para celebrar as conquistas que os trabalhadores do mundo conseguiram após a industrialização, designadamente a jornada semanal das 40 horas de trabalho entre outros direitos, o Grupo Jerónimo Martins, dono da cadeia de supermercados "Pingo Doce" abriu portas, obrigou os seus trabalhadores a trabalhar, violando o que tradicionalmente era tido como pacífico - o único dia do ano que os trabalhadores efectivamente não trabalhavam - e, sem pruridos, criou uma campanha vergonhosa, de dar um desconto de 50% nas compras de valor superior a € 100,00.

De imediato, se viu os resultados de tal campanha infame! As fragilidades sociais de um país à deriva ficaram expostas, as pessoas, carenciadas, ou menos carenciadas, correram paras lojas Pingo Doce, enfrentaram filas enormes, entraram em brigas físicas, para aproveitarem a "esmola" do Pingo Doce. UMA VERGONHA!

O 1º de Maio de 2012 vai ficar assim indelevelmente marcado por esta forma torpe de atacar os valores sociais, por esta forma de aproveitamento das necessidades das pessoas para alcançar o lucro fácil e atacar os valores de Abril e os valores do 1º Maio.

Mas o mais grave é que esta operação não foi acompanhada pela ASAE e nenhum membro do Governo se pronunciou sobre a mesma. Depois de retirar a sua sede e capitais sociais para a Holanda, o Grupo Jerónimo Martins ataca a sociedade com esta campanha ignóbil! O que Ms. Brown viu através das fotografias, através da TV e do que ouviu dos relatos que lhe iam chegando, deixam-na apreensiva. A concorrência desleal do Grupo Jerónimo Martins aniquila qualquer esperança num futuro melhor. Só hoje é que a ASAE apareceu para fiscalizar, mas deveria ter aparecido para prevenir, ao fim e ao cabo não é essa a sua função principal? E só apareceu hoje para fiscalizar, depois do mal feito, porque houve vozes que se levantaram contra esta prática desleal. E o Grupo Jerónimo Martins sabe também que as sanções que poderá vir a sofrer são diminutas face ao lucro que teve ontem.

Até quando este capitalismo cavalar que passa por cima de tudo e de todos? Uma Vergonha sem dúvida...

Ms. Brown às 13:04

170 comentários:
"E o Grupo Jerónimo Martins sabe também que as sanções que poderá vir a sofrer são diminutas face ao lucro que teve ontem."
Segundo este "sr" caso tenha que pagar os 15 000... de sanção... é-lhe indiferente pois é apenas uma migalha no seu bolso!
Vergonha de populaça... E no 1º de Maio os ricaços atiram as migalhas e os pobres espezinham-se para as apanhar.Este não é o povo pós 25 Abril. Imaginem esta população em momentos de crise total. Os reponsaveis do Pingo Doce deviam ser responsabilizados criminalmente por toda esta arruaça...
Clara a 3 de Maio de 2012 às 12:23

Não compreendo o porque de tanta indignação, para quem gosta de trabalhar o dia do trabalhador são todos os dias, e a acção da Jerónimo Martins, foi de louvar, beneficiou todos, os que compraram barato, o estado vai encaixar milhares de € com o iva das compras, os fonecedores da JM vão vender mais, isto sim é uma lição de economia, e o que ganharam os que estavam na manifestação ? NADA, figurinhas tristes só o que fazem, e dizem-se eles a favor da democracia, que não aceitam o liberdade de decidir do povo. TENHO DITO VIVA O PINGO DOCE
maria joao macau a 3 de Maio de 2012 às 12:33

que raio de país este, não se governa nem deixa governar, preocupados c/ os funcionários do PingoDoce, têm dois dias de folga por semana, recebem a dobrar aos domingos e feriados e neste caso ultimo têm direito a uma folga extra, compare c/ a restauração (cafés e restaurantes) 1 dia de folga, os dias são todos pagos ao mesmo valor, estranho os sindicalista e políticos não falam disto, sabe-lhes bem beber café ao domingo e feriado, não interessa se quem o serve tem direitos ou não, tenham vergonha. baixem os lucros das gasolineiras, isso sim é que eu gostava de ver os políticos e sindicalistas a fazer qualquer coisa de útil neste assunto, mas aì não se toca tem capitais públicos. portanto srs. do deita abaixo trabalhem que vos faz bem.
tio a 3 de Maio de 2012 às 12:35

Estamos sempre a queixar-nos dos preços altos... e agora? queixam-se de quem põe preços baixos??? Somos eternos insatisfeitos...
Consumidor a 3 de Maio de 2012 às 12:40

Numa sociedade em que os trabalhadores livres e com direitos passaram à condição de escravos tudo é possivel...
Pimba a 3 de Maio de 2012 às 12:41

Engraçado que não me lembro de vos ouvir falar da Feira do Livro! Afinal, sendo Dia do Trabalhador, qual a razão para estar a decorrer? Não vos oiço falar do famigerado dia 26/12 e o El Corte Inglés abriu as portas para saldos acima dos 50%. Não são católicos? Deixem-nos de tretas, sim? Que hipocrisia. E os centros comerciais? Não lhe cria urticária? Se acha que os direitos foram violados no dia 1 de maio, deixo esta pergunta: foi ao café?
Maria Lopes a 3 de Maio de 2012 às 12:42

100% de acordo ! Que HIPOCRISIA !!!
artur a 3 de Maio de 2012 às 13:03

EU passei por 4 a ver se dava para entrar, como não deu, não entrei.
Gostava de ver era os senhores deputados, sindicalistas, e oportunistas desta democracia ditaturial, a viverem com os tais 450 € e sem mordomias, a ver se, conseguindo, não iam aproveitar os 50% ?
100€ para muitas familias é +/- um quarto do seu salário. Se poderem poupar 50 não aproveitam?
Pena terão em muitos casos os que não conseguiram entrar, os que não dispunham dos 50 € para poderem pagar, e até os próprio funcionários do Pingo Doce.
Qual o problema de se fazer 50% de desconto? O Continente faz até de 75%, os saldos aparecem tantas vezes com 50% e mais, qual o problema?

Na verdade entendo que o pequemo mercado sofre com isso, mas também sofre com os hiper abertos ao domingo e todos lá vão, também sofre com os hiper abertos até ás 24h no natal etc, e quem od defende verdadeiramente? Ninguém! só nestas alturas é que vêm por ai os tais ricos a denunciarem casos.

Vamos mas é tentar trabalhar e deixar de discusões que não levam a nada. Vamos ser sérios e ajudarmo-nos uns aos outros. Isso sim.
Um dia bom para todos.
VMMaia a 3 de Maio de 2012 às 12:59

Lá tiraram a Malta da manif da CGTP...
artur a 3 de Maio de 2012 às 13:01

ULTIMA HORA.
Em 2013 dia 1 de maio Feriado do dia do trabalhador, encerram:
- As bombas de gasolina;
- Os hospiatais;
- As maternidades;
- As farmácias;
- Os restaurantes;
- Os hoteis;
- Os matadores de carnes; e os pescadores;
- Os aeroportos, e transportes publicos,
- Os fornecedores de TV; Rádio, Internet e telefone
- Etc; etc.

Digam SIM ao feriados para TODOS
VMMaia a 3 de Maio de 2012 às 13:03

só fala mal quem é rico, venham é mais campanhas destas, sempre trabalhei aos domingos e não morro por isso, que se manifesta contra o tabalho aos domingos gosta de ir feito parolo passear para os shopings, ntambém não se importam dos que estão a trabalhar
ANTONIO MANUEL a 3 de Maio de 2012 às 13:09

Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO