comentário:
ms Brown ...
Tenho a dizer que durante a minha vida algumas caras "públicas" desapareceram (é a idade! a minha) mas nenhuma me tinha provocada uma sensação de perda pessoal como Saramago.

Este foi um autor e homem que me acompanhou desde a minha infância. Recordo o meu pai a ler "Memorial do Convento" e a contar-nos a história como se tratasse de uma história infantil. Recordo-me do Saramago na Festa, sempre presente e disponível. Recordo-me de Saramago na Feira do Livro...

O primeiro livro que realmente li foi "Ensaio sobre a Cegueira" (antes do Nobel e do filme) o que para mim foi uma alegria, pq já tinha tentado mas sem sucesso... e este era um autor de quem eu queria gostar! e agora GOSTO muito!
Ficámos mais pobres, foram-se as palavras e a imaginação única de um homem que tivemos o privilégio de "conhecer".
Obrigada Saramago
Mrs F a 23 de Junho de 2010 às 19:02