O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

10
Dez 10

A história da natividade nunca mais será a mesma...

 

 

Mr. White às 17:00

31
Ago 10

A versão do VM para a novela da selecção Nacional. Simplesmente ridículo o que se está a passar. Até quando o silêncio da Federação Portuguesa de Futebol e da Secretaria de Estado do Desporto?

 

Enredo:

Face as recentes prestações da selecção nacional no Euro 2004 (2º lugar) e no Mundial de 2006 (4º lugar), a Federação Portuguesa de Futebol não olha a meios para encontrar um sucessor que supere os feitos de Felipão e que coloque a selecção nacional de novo na ribalta e nos corações dos habitantes do burgo.

Vindo de um grande do futebol internacional (adjunto no Manchester United), Carlos Queiroz, o herói dos mundiais de futebol sub-20 de 89 e 91, é escolhido como o novo treinador da selecção nacional. Do seu contrato destaca-se uma cláusula de rescisão de três milhões de euros.

Incapaz de traduzir em resultados a qualidade do plantel, sem espírito de liderança e sem conseguir dar continuidade ao trabalho do sucessor, Carlos Queiroz conduz a selecção a uma presença discreta no Mundial de 2010. A ausência de espírito de equipa e de entrega da selecção é notória.

 

O problema:

Devido às pobres prestações da selecção e ao fosso construído entre os jogadores e a equipa técnica, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), sem o assumir publicamente, pressente a ausência de condições para a continuidade do treinador. Os três milhões de euros de cláusula de rescisão surgem como um entrave crítico para o afastamento do treinador.

 

A novela:

Incapaz de assumir o problema com frontalidade, a FPF estrutura plano para afastamento de treinador com justa causa. Entra em campo a Autoridade Antidopagem de Portugal com acusações sem precedentes.

Confrontado com a suspensão, Queiroz avança que irá recorrer ao Tribunal Arbitral do Desporto e que dará conta do caso à FIFA.

Vários jogadores anunciam o seu afastamento da selecção, concretamente Deco, Simão e Paulo Ferreira.

Prestes a entrar no ciclo de jogos de apuramento para o Euro 2012, a selecção fica reduza um improvável treinador, Agostinho Oliveira, por período indeterminado.

 

To be continued...

Mr. White às 18:38

27
Ago 10

Quando caminhamos para o final da temporada da música com o Festival do Crato este weekend e a Festa do Avante para o próximo, aproxima-se, em passo acelerado, a maratona dos festivais de cinema.

 

Com cinco festivais em três meses, Lisboa (arredores incluídos) torna-se a capital nacional do cinema. A maratona começou com a 14º edição do festival de cinema gay e lésbico Queer Lisboa, que ocupou o São Jorge entre 17 e 25 de Setembro.

 

Também no São Jorge, a partir de dia 29, chega a quarta edição de MOTELx, um festival inteiramente dedicado ao cinema de terror. O mestre  George Romero, o lendário realizador de Night of the Living Dead (1968) e Dawn of the Dead (1978), vai ser o convidado de honra e dará uma aula de fazer acordar os mortos.

 

A 7 de Outubro, arranca a 11ª Festa do Cinema Francês, único dos eventos a sair da capital, estendendo-se a Almada (13 a 17 de Outubro), Porto (19 a 24), Guimarães (21 a 24), Faro (24 a 31) e Coimbra (3 a 9 de Novembro). Em Lisboa, a Festa encerra a 16 de Outubro, sobrepondo-se ao início do oitavo DocLisboa, que tem lugar de 14 a 24 de Outubro. A edição de 2010 do DOc ficará marcada pela estreia mundial de "José e Pilar", o documentário que Miguel Gonçalves Mendes ("Autografia") dedicou a José Saramago e Pilar del Rio, na sequência de três anos de rodagem, 230 horas de material filmado e ano e meio de montagem.

 

A celebração da sétima arte termina a poucos quilómetros da capital, de 4 a 14 de Novembro, com o quarto Estoril Film Festival, aquele que acaba por ser o festival para as massas. E em pouco mais de uma década o burgo fica com dois temporadas de festivalices, cada uma com a duração aproximada de três meses. A primeira dada ao calor, à imperial e ao espaço aberto, a segunda dada ao ar condicionado, à pipoca e ao escurinho do cinema. E o resto é conversa. Enjoy.

Mr. White às 19:40

25
Ago 10

De acordo com o Diário Económico de hoje, o Ministério da Saúde foi obrigado a protelar o pagamento das dívidas a algumas empresas fornecedoras de serviços e subsistemas de saúde por dificuldades financeiras, concretamente à PT, CTT e SAMS. Até ao momento, as dívidas acumuladas a estes fornecedores ascendem aos 50 milhões de euros.

 

Se a isto juntarmos o facto da tutela dever, em contas redondas, para cima de 900 milhões de euros à indústria farmacêutica (via hospitais públicos), a coisa está negra e ainda deve ficar pior. A Apifarma - Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica tomou a decisão de cobrar juros de 8% pelo atraso no pagamento de medicamentos. Em causa está a compensação pelos 551 milhões que os hospitais devem às farmacêuticas há mais de 90 dias (o que dá a simpática quantia de 50 milhões de euros em juros, a pagar já em Setembro).

 

De acordo com outros meios, estão ainda por pagar as facturas da ADSE dos últimos três meses de 2009 e os acertos relativos às contas do SNS nos últimos dois anos. Os gestores dos hospitais públicos dizem-se entre a “espada e a parede”. Pedro Lopes, presidente da Associação dos Administradores Hospitalares, admitiu publicamente que o crescimento da dívida dos hospitais à IF está “um bocadinho” descontrolada, mas que estão a ser tomadas medidas pelos hospitais para inverter a situação.

 

Na Grécia, onde o cenário das dívidas hospitalares é idêntico, a Indústria Farmacêutica aceitou o pagamento em títulos de tesouro. Com a presente crise e desvalorização da respectiva economia, a IF está-se a ver grega para receber. O pior deste acordo: a IF só pode mexer nos títulos dez anos após o acordo. Sabe-se lá o que restará nessa altura.

 

No sector privado nacional, a vida também não está fácil. Dados da ANF mostram que há 665 farmácias em dificuldades financeiras e que não conseguem pagar aos fornecedores. A maioria estabeleceu acordos amigáveis para regularização das dívidas, mas 168 estabelecimentos são alvo de processos judiciais de cobrança coerciva. Os montantes ascendem a um total de 151 milhões de euros.

 

Parece ser oficial: a Saúde está nas lonas. E o Estado, uma vez mais, é quem dá o pior exemplo...

Mr. White às 12:53

20
Ago 10

Shame on you Uderzo.

O que vem a seguir, o Obelix a despachar Big Mac´s? Notícia aqui.

Mr. White às 10:50

19
Ago 10

Mais um marco no VM, obrigado a todos os viajantes!

Mr. White às 10:50

Numa tourada em Espanha, um destemido touro saltou da arena para as bancadas e inverteu toda a lógica do espetáculo. O resultado: um valente susto, 40 feridos e um certo sentimento de justiça poética...

Mr. White às 10:38

17
Ago 10

... num qualquer posto de abastecimento do burgo, às 22h de sábado, ela gritava glamour por todos os poros bronzeados, bem revestidos por um Armani puro. Os saltos dos seus Louboutin davam-lhe mais 10 centímetros de altura e elevavam-na ao Olimpo. Ele, nem Deus nem Titã, gritava mar e surf com um estilo descontraído que lhe ficava bem. O casal fazia-se acompanhar por uma princesa de meia dúzia de anos que, em passo apressado, dirigia-se ao balcão ladeada à distância pelos progenitores. Com a viatura vazia a trabalhar em frente à loja, nenhum deles olha para os itens do posto, nenhum deles fala.O assalto parece iminente. Da matriarca da famíla feliz sai um inesperado "São dez maços de Malboro Light e uma garrafa de Licor Beirão". E num instante tudo muda...

Mr. White às 14:49

13
Ago 10

Na semana em que chega aos cinemas o trailer de "Social Network" (mais info aqui), o novo de David Fincher totalmente centrado no Facebook, chega-nos o trailer falso de "Twitter". Hilariante.

We´re all part of Twitter!

E para os viajantes que sentem saudades da rubrica de sexta da Miss Brown... calma, ela está quase de regresso. Have a nice weekend.

Mr. White às 13:48

12
Ago 10

É frequente sermos surpreendidos com bom material no youtube, mas este vídeo caros viajantes é sem dúvida uma pérola. Convosco, o trailer de Dumb & Dumber (o clássico de 1994 com Jim Carey e Jeff Daniels), formatado à lá Inception. Quase que parece um filme de acção com suspense à mistura.... quase. Enjoy.

Mr. White às 17:04

24
Jun 10

A 15 dias daquele que vai provavelmente ser o festival do ano, o VM começa a fazer o seu Final Countdown. Hoje disponibilizamos algumas das malhas que vão ser tocadas no palco princial via widget do GrooveShark. Enjoy. 

Mr. White às 11:11

23
Jun 10

Comportamento lamentável (e condenável) de jogadores e equipa técnica, merecedora de reunião extraordinária do governo francês e de diversas intervenções de detentores de pastas. Politiquices à parte, fica a Irlanda finalmente a rir com este golpe de justiça poética. Na eliminatória meteram o golo com a mão, agora perderam a cabeça. Uma temporada na Coreia do Norte com o Kim e a coisa ia ao sítio. A publicidade falsa que já anda a circular:

 

 

 

Mr. White às 18:22

21
Mai 10

Os teasers já andavam por aí há algumas semanas, chega agora o brilhante anúncio (ou deverei dizer filme? tem três minutos...) da Nike.

Com laivos de Flashforward, o resultado desta mega produção é fenomenal. Curiosas as acções de marketing que já começaram em torno da campanha "Write The Future", hoje foi destapada uma estátua gigantesca do Cristiano Ronaldo (igual à do anúncio) num centro comercial cá do burgo.

Write The Future from Nalden on Vimeo.

Mr. White às 14:50

18
Mai 10

Crise trava veto a casamento gay? Provavelmente não, mas a conjuntura permitiu ao nosso Presidente da República safar-se de mais um assunto de "grande melindre". A lógica do deixar andar, só porque os tempos são difíceis, é curta. Em matéria de valores e de princípios, o Presidente, acima de todos os outros, deverá dar o exemplo e não se limitar a, em momento algum, deixar a caravana passar. Parabéns aos que esperavam por este momento, é sem dúvida uma vitória dos direitos, agora sim, civis. Lamentável a capa do jornal Metro de hoje. Uma publicação que se diz séria e credível não pode enveredar por este caminho. Fosse no Inimigo Publico e a história seria outra... 

 

Mr. White às 10:13

13
Mai 10

Hey brother que tás no alto,

Venha a nós ou vamos a eles,

Seja feita a nossa vontade,

Aqui, ali e do outro lado do rio.

Tás a ouvir, Man? Yo!

Dá-nos os morfes do dia a dia,

Desculpa lá qualquer coisinha,

Qu'a gente perdoa-lhes também.

Livra-nos do mal, livra-nos da bófia,

Tu tens o power,

Tu tens a glory,

Agora Man,

Para sempre Man,

Fica cool,

Tasse bem,

Props aí para cima,

Yo.

 

O VM tentou passou o 13 de Maio sem postar uma oração mas... foi mais forte do que ele.

Mr. White às 15:28

11
Mai 10

Ao que parece, a vinda de sua Santidade resultou no adiamento de centenas de consultas e de cirurgias. É o que dá a tolerância de ponto num Estado laico. Uma atitude muito pouco saudável, particularmente para o utente do Serviço Nacional de Saúde... (e não falemos da parte económica - notícia aqui)

 Com Futebol e Fátima de pano de fundo, Governo prepara-se para ir ao bolso dos viajantes...

Mr. White às 19:01

30
Abr 10

Em terceiro nas intenções de voto, Gordon Grown afundou de vez as suas hipóteses ao insultar uma eleitora no conforto do seu carro. Após mais um momento menos conseguido na sua agenda, o político entra na sua viatura e.... desabafa, esquecendo-se que o microfone ainda estava ligado. Um verdadeiro desastre. A notícia e vídeo aqui.

Mr. White às 12:49

22
Abr 10

Mr. White às 18:42

19
Abr 10

Porque há dores bem boas, porque estamos com a portugalidade em alta na música que se produz em terras lusas, porque ontem o VM foi ver a exposição da Joana Vasconcelos ao CCB.

E vivam os galos de Barcelos, as nossas senhoras de Fátima florescentes e os napperons.

Mr. White às 13:00

13
Abr 10

As razões pelas quais a Pedofilia é "apenas" mais um pedregulho no sapato da Igreja Católica Apostólica Romana:

 

1. Os massacres e jogos de interesses nas cruzadas, muitos deles protagonizados pela própria Igreja;

2. A forma como, na Idade Média, os segundos filhos das famílias nobres invadiram a estrutura eclesiástica sem qualquer vocação para servir Deus ou um Bem Maior;

3. A intervenção na história dos Papas "Guerreiros";

4. A intervenção vergonhosa dos Borgia no papado (o Papa Alexandre VI foi o mais controverso da Renascença);

5. A ambiguidade da Igreja na 2ª Guerra Mundial e o tempo que demorou a condenar o Holocausto;

6. A procura de poder e ostentação de riqueza que marcou toda a sua história;

7. A pedofilia.

 

Com este cenário e com a permanente ausência de pedidos de desculpas ou de tentativas de emendas por quem de direito, como é que se pode levar a sério esta Igreja?

 

IMTT ultima preparativos para a colocação obrigatória de novo sinal na proximidade de igrejas e outras instalações paroquiais...

Mr. White às 15:30

Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
20
21
22
23

24
25
26
27
28


Posto de Escuta
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
Conta-gotas
Website counter
blogs SAPO