O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

16
Set 09

Com uma audiência de 1,3 milhões na segunda-feira e com uma audiência recorde de dois milhões ontem, os Gato Fedorento parecem mostrar ao burgo que o humor é compatível com a política. Não é nada de novo, mas é uma novidade em Portugal. Por trás deste sucesso avassalador fica o talento dos próprios humoristas e, mais importante, a expectativa de vermos os dirigentes partidários a estatelarem-se ao comprido nas perguntas de Ricardo Araújo Pereira. Em jeito de balanço, Sócrates esteve bem e Manuela Ferreira Leite, apesar das pausas, conseguiu estar ainda melhor (provavelmente por ter conseguido ir contra todas as expectativas). No processo, os Zés e as Marias cá do burgo dão tempo de antena à política e ficam mais perto dos candidatos (parabéns à SIC pelas reportagens informais, grande trabalho). Afinal, até os políticas são pessoas... 

Não há nada como esmiuçar um bocadinho na praia...

Mr. White às 19:19

2 comentários:
Respondendo de pronto à pergunta: sim! o humor aproxima o eleitorado da política! Os americanos, como sempre, são pioneiros na aproximação da política ao comum mortal, e por isso se viu como nas presidenciais de há um ano, durante a campanha, não houve candidato que não se colocasse debaixo dos holofotes do humor, ainda que sarcástico e às vezes corrosivo, dos comediantes americanos! O programa dos Gato Fedorento peca por tardio! Os politicos há muito que deviam ter aderido a este tipo de programas ao invés das entrevistas enfadonhas... veja-se as audiências! 2 milhões de pessoa a verem MFL. Se todas votarem nela, teremos uma forte candidata a PM, pois teve mais audiência que o actual PM! Convém realçar o excelente trabalho do RAP. Não é entrevistador por natureza, mas é inteligente e bastante conhecedor da actualidade política e por isso, mesmo com a crítica implícita em muitas das suas perguntas, consegue levar a sua avante, que é por os entrevistados à vontade, a rirem-se de sim mesmos. A informalidade, o estar à vontade (mas não à vontadinha) em certas ocasiões faz muito mais pela imagem de uma pessoa do que a seriedade e a soturnidade. Os líderes conseguem transmitir a sua mensagem de uma forma humorística; as pessoas ouvem-nos e riem-se, não deles, mas com eles! MFL foi, sem dúvida, uma grande surpresa! Paulo Portas conseguiu calar RAP através da sua retórica, hoje é Louçã (o PP da esquerda segundo muitos) e espera-se mais humor e amanhã Jerónimo de Sousa que como MFL é visto como uma pessoa sem grande piada, com uma imagem muito cinzenta e que pode ser também uma boa surpresa. Aproveite-se a oportunidade para se continuar com este tipo de programas, mesmo fora do período eleitoral. Foi, sem dúvida, uma lufada de ar fresco no panorama televisivo! E os Gato recuperaram um pouco da sua áurea de grandes humoristas há algum tempo perdida...
SSF a 17 de Setembro de 2009 às 15:57

Realmente é um excelente projecto, porque leva a politca e de uma forma muito agradavel a todos os portugueses!
Excelente mesmo!!

Visitem:
http://umolharviajante.blogspot.com/
OlharViajante a 26 de Setembro de 2009 às 20:17

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
17
18
19

20
22
23
26

27


Posto de Escuta
pesquisar neste blog
 
Conta-gotas
Website counter
blogs SAPO