O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

31
Out 08

Às vezes há boas razões que nos levam a estar um pouco mais longe do Viajar... Enjoy!

1. Nascer do sol em Marraquexe

 

2. Mesquita de Casablanca, antes do nascer do sol

 

 

3. Boas-Vindas em Marraquexe

 

4. Chá de menta, na praça Jemaa el Fna

 

5. Mercado da Medina de Marraquexe

 

6. Fonte do restaurante Narwama (literalmente Fogo e Água)

 

Boas Viagens!

 

 

Mr. Heinz às 00:02

30
Out 08

Miguel Esteves Cardoso (MEC) e Margarida Rebelo Pinto (MRP) são as capas desta semana da Sábado e da Visão, respectivamente. Enquanto que o primeiro conta como venceu o álcool e as drogas, a escritora (não é o Viajar que o diz...), revela como sobreviveu a um AVC.

Digna de registo, a referência de MEC a MRP: "N´O Independente o Pedro Paixão reescrevia-lhe as crónicas. Ela não sabe escrever, mas é simpática." Quanto à sua relação com as drogas, destacam-se os seguintes excertos: "Comecei com anfetaminas aos 14 anos. Ficava quatro, cinco dias sem dormir. (...) Sempre que tomei cocaína foi para trabalhar. Para me divertir tomei ecstasy".

Mr. White às 19:09

O Viajar iniciou-se na obra de Mia Couto e tem a dizer que não ficou particularmente impressionado com o romance do escritor moçambicano. O texto varia entre os diálogos das personagens  e os comentários do narrador, a acção passa-se essencialmente no quarto do velho marinheiro Bartolomeu Sozinho e centra-se no microcosmo de Vila Cacimba. Leva um 3 (em cinco) de nota final. O excerto que mais agradou ao Viajar:

 

Deolinda franziu o sobrolho. Empurrou o português de encontro à parede, colando-se a ele. Sidónio não mais regressaria desse abraço.

- Que olhar é meu nos olhos teus?

Nessa noite se solveram, mãos de oleiro, salvando o outro de ter peso. Nessa noite o corpo de um foi lençol do outro. E ambos foram pássaros porque o tempo deles foi antes de haver terra. E quando ela gritou de prazer o mundo ficou cego: um moinho de braços se desfez ao vento. E mais nenhum destino havia.

- Amar - disse ele - é estar sempre chegando.

(...)"Eu sou o viajante do deserto que, no regresso, diz: viajei apenas para procurar as minhas próprias pegadas. Sim, eu sou aquele que viaja apenas para se cobrir de saudades. Eis o deserto, e nele me sonho; eis o oásis, e nele não sei viver."

Na poesia, haveria oásis e desertos. Mas, em Vila Cacimba, havia apenas uma praça onde um médico se banhava nas lembranças de sua amada.

Não foi a melhor escolha para o Viajar se iniciar. Será o livro Terra Sonâmbula a melhor obra de Mia Couto? Ficamos a aguardar comentários. 

Mr. White às 19:08

29
Out 08

Tem sido notícia nos meios desportivos um vídeo de três minutos colocado no You Tube com uma colecção de pérolas do universo do futebol. Com quase 19 milhões de visitas, o dito vídeo é um dos vídeos desportivos mais vistos de sempre. Need I say more? Enjoy.

Mr. White às 18:00

Duas notícias captaram recentemente a atenção do Viajar: o desmantelamento de um plano de assassinato de Barack Obama e a reforma do pior pugilista de sempre.

Num canto do ringue do Maionese temos um candidato negro, em pico de carreira, que pretende ser o 47º Presidente dos E.U.A.. No outro canto, o boxeur branco Peter Buckley, a caminho do seu 300º combate, o último da sua carreira.

Entres os dois lutadores existe uma ligação óbvia. O risco.

Vejamos o risco de Obama ser assassinado, caso vença as presidenciais:

Dos 46 presidentes que exerceram o cargo, quatro perderam a vida e outros seis foram alvo de tentativas de assassinato (ver lista aqui). O rácio é simples, um em cada 4,6 presidentes é alvo de uma tentativa de assassinato, logo, Obama está a dias de aceitar uma das mais perigosas profissões do mundo.

O risco de Buckley efectivamente vencer:

Perdeu 256 dos 299 combates em que participou e, nos últimos cinco anos, perdeu 88 combates consecutivos. No seu último combate tem apenas uma probabilidade de 15% de vencer e, a considerar pelas suas últimas prestações, o próprio deve preferir aumentar o recorde a desiludir os adeptos da modalidade.

A Conclusão? (se é que alguma é possível...)

 Fosse o 300º combate de Buckley contra Obama, o candidato democrata provavelmente venceria. Isto se, e apenas se, não fosse baleado a caminho do ringue...

 

(bolas, que grande viagem.... o Viajar até ficou com dores de cabeça...) 

Mr. White às 15:39

28
Out 08

Hi, I’m Hayden Panettiere, and I’m hot enough that I know I have your attention for at least 30 seconds. There are three things I think all citizens should do: Smoke cigarettes, vote for John McCain, and don’t wear a seat belt. A vote for McCain is a vote against change. He’ll keep tax breaks for the rich, start another war, and we’ll all probably die. He’s just like George Bush, except older and with a worse temper. Let’s vote for McCain and stay the course. Don’t switch horses midstream. Get an older horse that will take 12 years to cross that stream, ‘cause he’s old. John McCain, he’s had affairs with lobbyists, so you’ll get f**ked, and he’ll get f**ked. Everybody wins. Nobody f**ks with McCain.

Mr. White às 12:48

27
Out 08

Porque existem segundos que fazem a diferença...

Mr. White às 18:23

Os cinco maiores bancos nacionais anunciaram, na sexta-feira, a possibilidade de recorrerem aos 20 mil milhões de euros de garantias prestadas pelo Governo.

Apesar de terem andado a dizer à boca cheia, durante toda a semana, que está tudo bem e que os portugueses nada têm a recear, reagiram de mãos dadas apenas um dia depois do anúncio do Estado. É nitidamente uma atitude abichanada...

Porque razão é que entidades aparentemente saudáveis correm atrás de garantias, quando já garantiram que tudo está garantido?

Mr. White às 16:09

24
Out 08

O sketch dos Gato Fedorento "Louvado sejas, ó Magalhães" bateu o recorde de queixas alguma vez recebidas pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC). Já passou as 70, a maioria em nome individual (provavelmente de católicos fervorosos que não conseguem distinguir uma rábula em torno das acções de formação do Magalhães duma alegada ofensa aos símbolos sagrados da Igreja Católica).

Ainda assim, o Viajar não deixa de registar a evolução do burgo. Distantes vão os  tempos da censura imposta pelo canal público aos humoristas e às suas rábulas, particularmente às de teor religioso. É bom ver que a malta nova como os Gato e os Contemporâneos não têm de passar pelas dificuldades que o Herman passou...

O fantástico sketch:

Mr. White às 16:11

Malta das séries, é com uma lagriminha no canto do olho que anuncio que já começou a segunda série do Californication nos states. É sexista? É. Pode ferir susceptibilidades? Pode. Tem obrigatoriamente duas mulheres fantásticas a fazerem-se ao David Duchovny por episódio e muito sexo? Tem. Vem para Portugal? Claro.

People... Rejoice!

Tomem lá um Behind The Scenes do que aí vem. Enjoy.

Mr. White às 16:00

Dada a otite aguda no ouvido direito do Viajar a rúbrica deveria provisoriamente chamar-se "duro de ouvido", mas enfim, vamos manter o critério...

 O presente top 10 do carro do Viajar:

 

 1.  Keiser Chiefs - Never Miss a Beat

Terceiro álbum deste banda britânica, Off With Their Heads é, na humilde opinião do Viajar, o seu melhor trabalho. Consistente, ao contrário de Employment, o seu álbum de estreia.

2.  Thievery Corporation - El Pueblo Unido

Faixa do seu mais recente álbum, Radio Retaliation. Este oferece doses generosas de bom trip-hop e acid jazz com diversas colaborações bem sucedidas. Hare Krsna, com  Seu Jorge, é um bom exemplo disso. Não chega aos calacanhares do seu álbum emblema -  The Mirror Conspiracy - mas leva uma nota bem positiva.

3.  The Verve - Lose is Noise

4.  Schwayze - Buzzin

5.  Madcom - Beggin

6.  Jason Mraz - I´m Yours

7.  M.I.A. - Jimmy

8.  John Legend - Green Light

9.  Booka Shade - Control Me

10.Marting Solveig - I Want You

Mr. White às 14:16

22
Out 08

 

Novamente devido a afazeres profissionais, o Viajar foi obrigado a ir a um restaurante, desta vez um italiano em Lisboa: o Come Prima, que traduzido do italiano quer dizer Como Antes.

O Come Prima fica na zona de Santos, paralelo à Av. 24 de Julho e é dirigido por Giovanni Sapkota, um nepalês apaixonado pela gastronomia transalpina.

O ambiente é tranquilo, mas às sextas e sábados é bastante concorrido. À noite, quase só à luz das velas, o ambiente é tranquilo e algo intimista.

As pizzas passam por um forno de lenha como deve ser, mas as pastas é que são uma mais valia: frescas e feitas na casa! O sabor, esse, é garantidamente diferente e muito bom.

Para sobremesa há várias opções, mas vale a pena experimentar o Tiramisú, provavelmente um dos melhores que o Viajar já experimentou!

A acompanhar, há vários vinhos. Grande variedade, mas destaque para os italianos Lambrusco. Tanto o Tinto como o Rosé são muito bons. Não superiores aos vinhos nacionais, mas diferentes...

Feita a proposta gastronómica, o Viajar deseja uma boa refeição aos nossos viajantes num espaço que será sempre de boa memória. Era neste local que o Viajar se encontrava quando foi convidado a saber de uma grande novidade.....

Mr. Heinz às 11:53

Todos nós reconhecemos e admitimos que os portugueses em geral, e alguns tugas em especial, são especialistas na técnica da espertalhice e do esquema supinpa.

Prova disso são os nossos ditados populares: "A ocasião faz o ladrão", "Amigo disfarçado, inimigo dobrado", "Quando quiseres mentir, fala do tempo que há-de vir" e para aqueles que foram vitimas do azar, podemos sempre dizer, como que em jeito de consolo: deixa lá pá, compraste gato por lebre. Mas esta de comprar frango tipo leitão é capaz ser de mais, mas que deve haver quem caia nesta, nisso eu acredito, sem precisar de ser como S. Tomé.....

 

Mr. Hellmanns às 01:52

21
Out 08

Contra todos os indícios, a Chanceler Angela Merkel não suporta que o  Nicolas Sarkozy lhe toque. A alemã fartou-se do contacto promovido pelo Presidente francês nos encontros internacionais e queixou-se formalmente à embaixada germânica em Paris. O objectivo: procurar que o chefe de Estado da terra dos croissants e das baguetes contenha o seu "espírito demasiado amigável"...

(Ai pá, pára lá com isso... vá pronto, só mais um beijinho...)

 

E como o Viajar embirra com o senhor à força toda, um pequeno vídeo do Sarkozy a chegar, a modos que alterado (no mínimo), a uma conferência de imprensa durante uma reunião do G8.

Mr. White às 16:22

20
Out 08

Hoje na capa do jornal A Bola lia-se "Moreira salva o Benfica".

As conversações entre o destemido guarda-redes e a tutela estão já em curso...

Mr. White às 19:41

17
Out 08

Pois é caros viajantes, já cá andamos pelo burgo há 120 e tal dias, escrevemos, com este, 100 posts e recebemos outros tantos comentários (vá lá pessoal, toca a participar!).

Deixo-vos mais uma pérola da versão 1.0 do Viajar:

 

Outra vez tu Santana?

 Sim, este homem não tem vergonha. Sim, este homem não aprende. E sim, este homem não tem casa. Contra todas as injustiças e a favor de novas oportunidades na vida, o maionese vem desta forma revelar-se solidário com a nova campanha "por um tecto melhor" de Santana Lopes, e apoiar o seu regresso à CML. Mister, está na altura de começar a olhar para trás. Face it, para a frente já não há caminho. Se a coisa não te correr bem e voltares a dar buraco à frente da Câmara, recorda-te dos bons tempos no Sporting. Não existem presentemente cargos na administração mas ouvimos dizer que vai abrir uma vaga para central..... Se mesmo assim estiveres insatisfeito there will always be Figueira da Foz ( e os animados serões no Casino). Go for it, vais ver que voltas para a incubadora num instantinho.

 

A sério, o texto foi redigido em 2005 e agora recuperado na íntegra.

Qualquer semelhança com a realidade é a mais triste das coincidências...

Mr. White às 21:54

O McCain queria muito... mas não vai ter.

Os republicanos não vão poder contar com o sonoro dos Bon Jovi nos comíssios e afins. A razão é simples, a banda não autoriza a utilização das suas músicas.

Oooooooooooooh, e o Viajar que aguardava fervorosamente pela entrada em palco do candidato republicano ao som do "Bed of Roses" ou do "Wanted Dead or Alive", ou do "You Give Love a Bad Name", ou do "Born To Be My Baby".... são tantas as hipóteses...

 

Ò McCain, toma lá um unplugged só para ti!

(sim, porque o viajar tem autorização dos Bon Jovi para utilizar as suas músicas)

 

Mr. White às 21:41

Doravante o Viajar vai contar com o contributo gráfico do "The Outsider". 

To be continued... 

Mr. White às 15:50

 

Há qualquer coisa de estranho no país. Qualquer coisa que bate no rítmo errado.
Qualquer coisa que falha. Eu sabia que havia qualquer coisa que falhava, que morria, mas faltava-me os olhos para confirmar.
Agora já sei:

Partiu!
Faleceu há cerca de um mês o tão divertido boneco do Multibanco. E recrutaram este que é absolutamente ridículo. Fizeram com o outro o mesmo que fizeram com a Picolé na Praça da Alegria: um empurrão para o fim. Um encosto para o nada.
Havia qualquer coisa de triunfalmente alegre quando o outro boneco nos pedia para marcarmos o código pessoal. E nós confiávamos nele o que não confiamos em muitos amigos: os quatro digitos que ele recebia e selava.
Fica ainda a maneira como nos entreolhava para introduzirmos o cartão. Tudo isso era de uma finura misturada com saber viver que deixava poucas dúvidas: ele estava ali, naquela caixinha, mais do que feliz por se lambusar com os nossos cartões. Dia após dia. Nós brutos, apressados, irritados, indiferentes. E ele lá, sereno, a pedir-nos o que já sabiamos. E tudo com um par de luvas brancas, para que não haja cá confusões. Tudo feito com a força de uma vida.
Ficarei para sempre com a imagem dele desolado, com o coração feito em restos de nada, com os braços dele feitos braços do céu, a suplicar: "dirija-se ao multibanco mais próximo". Para se dizer isto é preciso carregar uma honestidade esmagadora.
Ali nasceu, ali viveu, e ali acabou por morrer. Mas cedo demais... cedo demais!
Deu lugar a um mais novo, é certo, mas infinitamente menos discreto a pedir o código pessoal e patético na parte do "retire o seu dinheiro".
É o progresso, dizem uns. É o fim, dizem outros.

Descansa em paz!

P.s.- Reparem, uma útlima vez, na pintarola deste jovem ao pedir para marcarmos o código pessoal, com a descontracção de uma perna cruzada. Classe. Muita classe!

Nota do redator: este texto é transcrito, desconhecendo o seu verdadeiro autor. 

 

Mr. Hellmanns às 11:32

Seth MacFarlane é actualmente o mais bem pago argumentista de Hollywood. Já ganhou vários Emmys e actualmente podemos ver a sua obra em Family Guy e American Dad, onde, além de escrever, produz e faz mesmo a voz de algumas personagens. Por cada episódio de Family Guy ganha cerca de 50 mil dólares e tem um contrato com a Fox de 100 milhões de dólares para os próximos cinco anos.

MacFarlane começou nos estúdios de animação da Hanna-Barbera onde escreveu para as séries de animação Johnny Bravo, Cow and Chicken e Dexter's. Além de Family Guy e de American Dad, em 2009 vai lançar o The Cleveland Show.

Fanático da saga Star Wars (tendo mesmo feito um episódio de Family Guy dedicado à "família" Skywalker) e de Star Trek (onde já teve uma aparição como actor), Seth MacFarlane criou recentemente um canal no You Tube: o Seth MacFarlane's Cavalcade of Cartoon Comedy.

Apresentado o autor, o Viajar deixa uma pequena amostra da sua obra. Vale a pena ter atenção aos diálogos... Have Fun!

 

Mr. Heinz às 11:09

Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
16
18

19
23
25

26


Posto de Escuta
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
Conta-gotas
Website counter
blogs SAPO