O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

07
Jun 11

O PSD do PPC lá ganhou, o PP também pareceu feliz e contente, o Louçã engoliu um grande sapo, o Jerónimo manteve-se à tona da água, e o Sócrates...bom esse, tem como segundo nome "Narciso" e para ele só há espelhos a reflectir a sua esbelta, magnífica e soberba imagem!Aliás soberba é algo que nunca lhe faltou, mas no plano depreciativo da mesma!

As eleições legislativas já não são como antigamente!... antes era ver o nervoso miudinho de todos, era ver as multidões na parte de fora das sedes de campanha, era ficar até de madrugada à espera dos resultados eleitorais, era ver o Marquês de Pombal cheio de gente (agora só quando o SLB é campeão!). As eleições perderam a sua graça... mas também os políticos perderam graça e nem engraçados são!

Antes ouviam-se discurso inflamados, produtos de um domínio da retórica e de uma eloquência da velha escola; hoje, papagueia-se muito, fala-se de nada e de coisa nenhuma e todos ganham no final! Antes havia derrotados que assumiam as derrotas com humildade e os vencedores festejavam e não eram arrogantes nem desculpavam o mal do mundo com a actuação política dos outros. Antes os políticos tinham experiência de vida, tinham estudado, trabalhado, ingressado no meio partidário e político porque acreditavam nas ideologias. Hoje temos políticos a licenciarem-se aos 37 anos, a terem feito carreira nos partidos sem nunca terem trabalhado, a tirarem cursos sabe-se lá como, sem qualquer tipo de experiência da vida prática. São produtos das máquinas partidárias, não lutam por ideologias mas sim por interesses pessoais.

A política deixou de ter interesse!

E daí que se justifique tamanha abstenção nas eleições que agora ocorreram. Quase 42%?!! Inimaginável há 20 anos atrás, onde quem ia votar acreditava que o seu voto podia mudar alguma coisa, porque acreditava nos políticos! Hoje em dia as pessoas já sabem de antemão que há uma rotatividade no poder, que ora se é rosa ora se é laranja; igualmente, o desinteresse é de tal ordem que as pessoas preferem continuar a rotina da sua vida ao invés de se deslocarem à mesa de voto. "Para que é que vou votar?!" é o que se mais ouve da boca dos abstencionistas. E aqueles que acreditam ainda no voto, que têm consciência que o seu exercício é um poder-dever, que acreditam nas instituições nada podem fazer ou responder perante tal pergunta, pois cada vez mais os políticos descredibilizam a política! Talvez até lhes interesse esta abstenção...

Mas, enfim!, lá venceu o PSD e pelo que se sabe PPC será indicado para assumir as rédeas da governação deste país à deriva!

E agora?

Agora PPC que vais fazer? Há um programa da "troika" para cumprir; não há margem de manobras para grandes folias nem para grande desatinos financeiros; terás de te rodear de gente competente, que se sacrifique em nome do interesse nacional; terás de cumprir os compromissos assumidos previamente (nos quais tiveste intervenção como líder do maior partido da oposição, não te esqueças!). Conseguirás almejar o sucesso em tais tarefas hercúleas?! Ou serás mais um "flop" e daqui a 2 anos estaremos novamente a ser chamados às urnas?

Como diria o saudoso mestre Vitorino Nemésio "se bem me lembro..." nos últimos 20 anos tivemos 2 legislaturas que chegaram ao fim dos 4 anos (de 1995 a 1999 com António Guterres e de 2005 a 2009 com José Sócrates), de resto tivémos governos temporários, com líderes a fugir, a serem demitidos ou a apresentar a demissão...

Por isso, a pergunta que se impõe: E AGORA?...

 

Ms. Brown às 18:48

comentário:
Bom dia,

O Viajar na Maionese está novamente em destaque nos Blogs do SAPO, em http://blogs.sapo.pt

Boa continuação!

Pedro
Pedro a 15 de Junho de 2011 às 10:20

Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
29
30


Posto de Escuta
pesquisar neste blog
 
Conta-gotas
Website counter
blogs SAPO