O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

27
Out 10

O País está em crise! Há pouco soube-se da ruptura das negociações sobre o Orçamento de Estado entre o PS e o PSD (Ms. Brown questiona-se sobre se alguma vez houve vontade em negociar seja o que for!). Já se pede a intervenção do FMI! Tudo está mais caro e sobra muito mês à carteira, mas Ms. Brown entende que "tristezas não pagam dívidas" e por isso vem apresentar aos viajantes o cartaz do Superbock em Stock!

Pois é, o Verão já lá vai há algum tempo. No próximo fim-de-semana, provavelmente, a hora mudará para a "hora de inverno", os dias estão mais frios e vão ficar mais pequenos, mas nem por isso deixa de haver vontade de se organizarem festivais de música. Mudam-se os locais e os estilos; sai-se do ar livre, junto à praia ou ao rio, e vai-se para dentro de quatro paredes; deixa-se de lado os grandes nomes da música e fazem-se cartazes com figuras mais alternativas; espalham-se os concertos por várias salas de Lisboa, por uma estação de metro e um parque de estacionamente, que se encontram numa das artérias mais conhecidas desta capital - a Av. da Liberdade; associam-se, novamente, uma marca de cerveja (Superbock) e uma marca de telecomunicações (Vodafone) e "voilá" eis que surge o Superbock em Stock!

O Festival decorrerá nos dias 3 e 4 de Dezembro entre as duas salas do S. Jorge, o Tivoli e o seu terraço, a estação de metro da Avenida, o espaço Bes Arte & Finanças, o Parque do Marquês de Pombal (destinado ao palco Garagem Vodafone) e o Maxime. Ou seja,Ms. Brown vai dar muito à perninha se quer assistir a todos os concertos, ou quase todos! O preço do bilhete é € 40,00, só havendo um tipo de bilhete que dá acesso aos dois dias de Festival.

Ms. Brown vai, com certeza, participar deste evento cultural, artístico e festivaleiro; já ía desde que soube que Janelle Mónae ía actuar - essa cantora negra, que dita modas e tendências, que canta um estilo de música alegre, com soul, pop, funk, rock psicadélico e r&b misturados e que, segundo dizem, é uma grande performer em palco!

Mas, para além da grande cabeça-cartaz, outros artistas vão actuar e que Ms. Brown destaca, como sejam:

a) B. Fachada acompanhado, a seu convite, de Sérgio Godinho - duas gerações de "cantautores", magníficos letristas e "melodistas";

b) Marcos Valle, um músico brasileiro desconhecido para Ms. Brown que, entretanto já se pôs a ouvir as suas músicas no myspace e pelo que ouviu, recomenda-se!

c) Fugyia & Myiagi - não, não são japoneses nem têm o professor Myiagi como inspiração. São ingleses, e aliam música electrónica e rock.

d) Lula Pena - cantora de "phado" (é assim mesmo que ela designa o que canta), com uma voz suave, melodiosa, está em cartaz para nos embalar com o seu fado sem "f" e com "ph"

e) Linda Martini - não confudir com os Pink Martini! Estes são portugueses, tocam rock e têm um disco novo "Casa Ocupada" para apresentar;

f) Domingo no Quarto - são uma dupla de cantores e músicos portugueses que encontraram no samba antigo uma razão de viver e assim apresentam reinterpretam o samba de Chiquinha Gonzaga, Pexinguinha e tantos outros músicos brasileiros;

g) Batida - nascido em Luanda e transposto para as ondas da rádio, na Antena 3, tocam kuduro, mambo, e têm vários singles a bombar como "Bazuca" ou "Alegria". Sem dúvida, a não perder se queremos dançar e sentir os ritmos africanos no corpo.

h) Junip - projecto de José Gonzalez que desta vez aparece integrado num grupo. Vamos ver se mantém a qualidade...

i) Kele - se na anterior alínea temos um cantor a solo, bem conhecido do público, a integrar um grupo, aqui temos um cantor, que se integrava num grupo bem conhecido, os Block Party, e onde era o seu vocalista, a apresentar o seu projecto a solo! Vamos ver se a qualidade é a mesma...

j) Pinto Ferreira - mais uma banda portuguesa que pespontou no universo musical português durante 2010. O nome parece saído de um funcionário público, e se calhar era isso que pretendiam ao formar esta banda de pop-rock-português. Prometem ser uma boa banda, vamos a ver...

k)Adam Kesher  - não, não é a personagem de David Lynch, no filme "Mulholland drive" que aqui se vaiapresentar, mas antes uma banda de 5 jovens franceses que se inspiraram nessa personagem para produzir um som electro-pop.

l) Jorge Palma - não precisa de apresentações! Vai voltar aos tempos de juventude e vai dar um concerto na estação de metro da Avenida! A sorte dele é que já todos sabem as letras das músicas e cantam mais alto que ele...ele já não canta nem se lembra da maior parte das letras, mas continua a ser um dos maiores músicos portugueses!

E muitos mais artistas vão-se fazer ouvir neste Festival, ao todo, pelo que consta do cartaz são 30 artistas! Para mais informações os viajantes podem aceder ao cartaz clicando no link http://www.superbock.pt/SuperMusic/superbockemstock/

Ms. Brown vai, e os viajantes? Encontramo-nos na Avenida?!...

Ms. Brown às 15:21

Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22

24
25
26
28
30

31


Posto de Escuta
pesquisar neste blog
 
Conta-gotas
Website counter
blogs SAPO