O Blog da Escorregadela intelectual (versão 2.0)

29
Dez 09

Personagem de Sir Arthur Conan Doyle, o famoso Sherlock Holmes foi introduzido em 1887 na literatura policial através duma short story publicada na revista Beeton's Christmas Annual. A aventura "A Study in Scarlet" revelava um detective pautado por uma lógica dedutiva invulgar e uma capacidade anormal para ler nas entrelinhas. Com uma atitude arrogante a roçar a superioridade e com um sentido de humor acutilante, conquistou rapidamente o seu lugar nos grandes personagens da literatura mundial. O factor de sucesso: uma personalidade inigualável associada a fragilidades como o consumo de cocaína, que o aproximava do comum dos mortais. 

Este "Sherlock Holmes" de Guy Ritchie tem muito pouco do detective que conhecemos mas tem muito daquilo que adoramos adorar. É um atleta dotado de uma inteligência incomparável que não perde uma oportunidade para fazer aquelas piadas que resultam sempre bem no grande ecrã e é .... físico, muito físico. No limite da sanidade, conta com Watson para manter o equilíbrio e o interesse numa Londres Vitoriana que pouco ou nada o surpreende. O novo filme do ex de Madonna é um sucesso  enquanto filme de acção com laivos de época mas é uma desilusão quando às referências ao personagem original. Quando não há um "Elementar meu caro Watson.." no filme todo.... está tudo dito. É obviamente uma aposta consciente que não deixa de causar alguma estranheza ao VM mas que não desagrada. Até porque a dupla Downey Jr/Jude Law funciona na perfeição e a realização de Ritchie é impecável. Leva uns simpáticos sete boiões.

    

Assim à vista desarmada mal se notam as diferenças....

Mr. White às 15:28

Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
15
18
19

20
25
26

27
28
30


Posto de Escuta
pesquisar neste blog
 
Conta-gotas
Website counter
blogs SAPO